Startups and Samurais

In this video Jason Calacanis talks about his experience as an entrepreneur and also what it takes to succeed in creating a successful startup company. It starts off a bit slow but after warming up Jason really nails it: “you go through the world as a Samurai, you just walk through all this noise, with a huge sword right on your belt, which you know you can take at any moment and just cut someone in half”. A must watch if you’re into startups.

Via MV

Kickstart: What is in it for me?

Este fim de semana foi o Kickstart 1H10, um Weekend Bootcamp para empreendedores, organizado pela SeedCapital em Lisboa. Correu muito bem, recebemos boas sugestões e foi muito útil. Os projectos que vão receber financiamento ainda não são conhecidos mas posso dizer que estamos super entusiasmados com o nosso projecto, mais motivados que nunca e passámos da fase do “ah e tal temos de acreditar que isto vai funcionar” para “agora sabemos o que fazer e como se vai processar”. Temos riscos que estamos a correr claro mas sabemos quais são e isso reduz a incerteza de todo o processo.

Durou Sexta e Sábado o dia todo. Sexta falou-se sobre Estratégia, Modelos de Negócio, Gestão Financeira, Contabilidade e Fisco. Sábado falou-se sobre Criação de Negócios e Marketing.

Já tinha feito o Kickstart Mini-MBA com o Mário Valente e portanto algumas coisas não eram totalmente novas para mim. A parte sobre Marketing ficou a cargo do Patrick van der Walk e posso dizer que simplesmente adorei a talk dele. Claramente conhecer o Patrick e poder trocar impressões com ele é uma valia extremamente grande.

No Sábado à tarde as equipas fizeram o seu “elevator pitch” e também uma apresentação de cerca de 30 minutos sobre os seus projectos ao conselho consultivo da SeedCapital, constituído por pessoas da área financeira, propriedade intelectual, advogados, etc.

Algumas coisas que deu para perceber:

  • Quando se começa a pensar numa ideia para um projecto, que eventualmente pode justificar a criação de uma empresa, nem sempre se tem a noção do que isso implica. Quando se faz os fluxos de caixa, mesmo que em forma de previsão, percebe-se que para ter uma empresa é preciso conseguir um certo volume de negócios para compensar a criação da mesma. Os fluxos de caixa são úteis também para se perceber que investimento inicial é necessário. Deixa de ser uma coisa totalmente inventada e passa-se a ter um plano concreto no papel que permite ver mês após mês se estamos a ir no rumo certo ou se é preciso ajustar alguma coisa, e.g. o esforço de vendas ou o esforço de marketing.
  • Talvez mais importante de tudo foi o ter percebido mais uma vez a importância de sair da zona de conforto e ir falar com as pessoas sobre o que é importante para elas e se a nossa ideia vai resolver um problema real.

O que a SeedCapital está a fazer é diminuir as barreiras à entrada que existem em Portugal para os novos empreendedores tecnológicos. A maior parte das iniciativas do género (IAPMEI, bancos, etc.) são extremamente burocráticas e tratam tudo da mesma forma, seja o vosso negócio uma carrinha de cachorros ou uma coisa tecnológica. Normalmente é logo exigido um plano de negócios e não há ajuda para o elaborar.

A sensação que tenho é que o processo na SeedCapital é mais gradual e faseado. Tendo uma ideia que à partida parece ter potencial aprende-se a que perguntas é preciso saber responder para analisar a sua viabilidade, em oposição ás outras iniciativas onde é preciso responder ás mesmas perguntas (possivelmente mais), sem estar consciente da sua importância e de como chegar ás respostas, e isso é fundamental.

Hackers, Makers and Geeks in Lisbon

As I mentioned in my previous post, I have some friends who are not applying to SeedCapital because they are by themselves. Unfortunately there isn’t yet a place where people can see what projects are in need of more people. It is also not that easy to meet someone on-line to work together. We need a certain trust in that person, etc.

I think the best way to meet people that are interested, smart and have initiative is to attend one of the many hacker events that are held monthly (or at least regularly). In Lisbon we have several of them:

Twittlis – monthly meeting of twitter.com users in Lisbon
http://upcoming.yahoo.com/event/4884748/pt/Lisbon/Twittlis-monthly-meeting-of-twittercom-users-in-Lisbon-19/Mar-Adentro

AltLab Hackerspace Lisbon
http://altlab.org/

Lisbon Perl Mongers Group
http://lisbon.pm.org/

Comunidade Portuguesa de Rich Internet Applications
http://www.riapt.org/

Lisbon Ruby Group
http://www.ruby-pt.org/

Gathering of Developers
http://god.pt/

One Over Zero Group
http://oneoverzero.org/

Do you know of any other groups?

Update (13/12/2009): Since this post I’ve found out about the following groups:

XAMLPT – Comunidade Portuguesa para Tecnologias de Apresentação da Microsoft: WPF, Silverlight, Surface
http://www.xamlpt.com

Ignite Portugal
http://www.igniteportugal.blogspot.com

Portuguese Ubuntu Community
http://www.ubuntu-pt.org

Mobile Monday Portugal
http://mobilemondayportugal.com

Confraria Security & IT
http://events.linkedin.com/Confraria-Security-TB-Store/pub/50120