next up previous contents
Seguinte: Teorema da Amostragem Acima: Explicação do funcionamento Anterior: Explicação do funcionamento   Conteúdo

Voz Humana: Como é produzida?

Quando se fala, ar é puxado dos pulmões, passa pela garganta e pelas cordas vocais, sai pela boca e é produzida voz.

Ao falar, o tracto vocal muda de forma, produzindo diferentes sons.

Image head

Este conjunto limitado de sons é classificado em dois tipos de sons. Os sons sonoros (ou vozeados) que representam o vibrar das cordas e os sons surdos (ou não vozeados), para os quais as cordas vocais não vibram, apenas permanecem abertas.

É importante referir que, a classificação nestes dois tipos é essencial no processo de analise/síntese de um sinal de voz, se queremos conseguir reproduzir o original, uma vez que este, é constituído de sons vozeados e não vozeados.

Exemplos de sons vozeados são os sons produzidos na pronúnciação das vogais ``a'', ``e'', ``i'', ``o'', ``u''. Por outro lado, a pronúncia de letras como o ``f'' e o ``s'' no meio de palavras são exemplos de sons não vozeados.

Quanto à vibração das cordas vocais, esta é outro dos factores chave na produção de diferentes sons e acontece com uma certa frequência (ou taxa) que é designada de 'pitch' e que varia com a voz e de pessoa para pessoa. As mulheres e as crianças têm normalmente uma frequência maior (vibração rápida) que os homens adultos (vibração lenta).

A quantidade de ar vinda dos pulmões determina a altura (ou volume) da voz.


next up previous contents
Seguinte: Teorema da Amostragem Acima: Explicação do funcionamento Anterior: Explicação do funcionamento   Conteúdo
2003-07-23