Thoughts on Google’s 20% time

Standard

Este post diz respeito aos 20% de tempo que supostamente os trabalhadores do Google podem tirar para se dedicarem a projectos pessoais.

  • É mais uma atitude do que uma regra. A ideia é que as melhores ideias venham seja de quem for, e não apenas dos ‘chefes’ ou alguém acime da hierarquia.
  • As pessoas no Google trabalham arduamente nos outros 80% do tempo. O querer mostrar aos colegas que se é bom e que se consegue fazer coisas boas leva muita gente a trabalhar longas horas e embora haja a cultura de trabalhar em projectos pessoais isso é feito sem detrimento para o resto dos projectos.

Google’s Process:

  • Os “managers” programam pelo menos 50% do tempo, actuando mais como “tech leads” do que gestores de projecto.
  • Os programadores podem trocar de equipa a qualquer altura, sem serem questionados sobre isso.
  • Existe uma filosofia de nunca dizer aos programadores o que fazer.
  • Os programadores são encorajados a dedicar 20% do seu tempo a trabalhar no que quiserem.
  • Não há muitas reuniões. Cada programador participa no máximo em 3 reuniões por semana, incluindo um 1 para 1 com o seu lead.
  • O ambiente é sossegado e as equipas pequenas (2-5 pessoas).
  • Não existem Gantt charts ou calendários com tarefas agendadas nas salas.
  • O almoço e jantar na empresa são grátis.

Nota: Atenção que isto são generalizações e generalizações são sempre perigosas. Como eu não sou jornalista dou-me ao luxo de escrever aqui seja o que for e a informação aqui contida deve ser lida com isso em atenção.

Adaptado de:

Agile Software Development

Standard

I’ve just finished a training on Agile Software Development methodologies. Here are just some of the things I’ve found:

* There is a set of methodologies for software development which are considered to be Agile of which ‘Scrum’ and ‘Extreme Programming’ (XP) are most commonly used.
* Scrum defines an iterative-incremental process for the development at the management level. XP defines best practices at the team level (Test-Driven Development, Continuous Integration, Pair-Programming, etc.). Scrum and XP can be used together and most of the times that’s what happens.
* With Scrum there is a new role called ‘Scrum Master’ (not to be confused with Scum Master) which replaces the project manager. He is there to serve the team and help resolve the problems that may arise in a coaching style.
* Emphasis is on the team being happy, willing, self-organized and self-managed. Scrum provides tools to help.
* Task effort estimation is done based on a unit-less measure ‘points’ that is assigned in relation with the other tasks (rather than a time measure like days, etc.)

Working in Pairs

Standard

Today I really felt working in
pairs really gets work done faster. Speaking with your partner and
bouncing ideas off each other really helps visualizing the big picture and
move forward quicker.

Yesterday I did some clean-up around my blog,
being the Flickr plugin displaying recent photos the most obvious change
(the snow is a bit old but nevermind that).